Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Slumdog Millionaire

Ontem vi este filme.

Já andava para ver desde que ganhou os Óscares, mas ainda não tinha tido a oportunidade.

Gostei bastante.

É uma história muito bonita, que demonstra que mesmo no meio das dificuldades, das condições de vida difíceis, da escravidão, é possível cultivar bons sentimentos; é possível fazer escolhas.

Há sempre os que escolhem a via mais fácil, e há sempre aqueles que não perdem de vista a sua luz guia, e que lutam por aquilo em que acreditam.

 

 

 

 

Com uma mensagem profunda e poderosa.

Aconselho!!!

vivido por umdiadepoisdooutro às 12:00
link do post | diz lá... | favorito
Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

Soya Latte

Já há algum tempo que ando para aqui colocar um post acerca de algo extremamente simples mas que fez as minhas delícias numa tarde gelada de inverno em Londres - um Soya latte, ou seja um vulgar galão, mas feito com leite de soja.

Digo isto porque eu (como talvez uma considerável porção da população portuguesa tendo em conta as estatísticas) sou alérgica à lactose há coisa de uns 7 anos e vejo-me impossibilitada de beber leite de vaca.

Substituí por leite de soja, e se ao início foi um pouco difícil devido ao sabor bastante diferente, neste momento confesso que já não conseguiria suportar o sabor forte do leite de vaca.

Não há nada que bata uma torradinha e um galão numa fria tarde de inverno, e disso tenho-me visto privada nos últimos anos já que nas pastelarias que conheço o galão é confeccionado com o leite tradicional.

Fiquei agradavelmente surpreendida por existirem os galões de leite de soja.

Este é apenas um aparte, ou seja uma curiosidade. 

O busílis da questão centra-se realmente no facto de cada vez existirem mais pessoas com intolerâncias alimentares, alergias etc, e no facto de os alimentos de substituição que existem à venda no mercado serem muito mais caros que os tradicionais. Ora a meu ver, parece-me que não se há-de considerar uma intolerância alimentar que pode levar a distúrbios graves como diarreias, vómitos, emagrecimento e outros um luxo, ou uma mania das dietas?!

 

 

 

Já agora, se alguém souber de algum sítio que faça estes galões, agradecia a informação.

vivido por umdiadepoisdooutro às 16:44
link do post | diz lá... | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2010

The end

Acabei por receber um convite para o tal casamento de que aqui já tinha falado (não acham tão lindo que se tenham lembrado de mim?!!), mas como não me pude deslocar ao Brasil para assistir à cerimónia, vi ontem as fotos.

Parabéns aos noivos e que sejam muito felizes!

 

And they lived happy ever after...

 

The end!!!

 

 

 As "true colours" acabam sempre por vir ao de cima, mais cedo ou mais tarde, e nem sempre são bonitas.

 

vivido por umdiadepoisdooutro às 08:53
link do post | diz lá... | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

O que foi não volta a ser

Esta música faz todo o sentido para mim!

O que foi não volta a ser e ainda bem que assim é.

Há que andar em frente! Viver o dia de hoje, um dia de cada vez.

Olhar para trás para aprender com os erros mas deixar lá atrás o que é passado.

Queixo erguido e olhar no horizonte.

O que foi não volta a ser, e o que será não se sabe...

Existe maior desafio do que aquilo que ainda não vivemos, do que não conhecemos?!

Abrem-se enormes possibilidades, assim que largamos o que nos prendia e impedia de andar em frente.

 

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 23:26
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito

Kosho Ryu Kenpo

Hoje resolvi deixar-vos aqui um link .

 

É o Link para a página da Federação Nacional de Kenpo.

 

O Kenpo é uma arte marcial baseada na defesa pessoal, da qual sou praticante.

Mas o kenpo é muito mais que isso; é uma filosofia de vida, e os kenpocas são como uma grande família.

 

Trabalha o corpo, mas muito mais a mente e a auto-estima.

 

 

Saibam mais aqui.

 

vivido por umdiadepoisdooutro às 13:56
link do post | diz lá... | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

Black eyed peas - meet me halfway

Adoro esta música, e o vídeo então é um espetáculo.

 

Aqui fica!!

 

 

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 15:11
link do post | diz lá... | favorito

By the power of Greyskull

Hoje lembrei-me desta expressão, mas já não me recordava do nome destes desenhos animados.

 

He-Man and the Masters of the Universe!

 

Nunca deixa de me espantar a forma como funciona a minha mente, para além de pensar em tudo e mais alguma coisa, lembro-me das coisas mais insignificantes e nem sempre entendo muito bem o processo através do qual estas lembranças vêm à superfície.

Acho que dava um bom caso de estudo.

 

Hum, se calhar o meu próximo namorado deveria ser um psicólogo, lol. Melhor não, depois ainda sabia o que eu estava a pensar e isso é muito assustador, lol.

 

Quem é que se lembra?

 

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 13:21
link do post | diz lá... | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

Remar!Remar!Remar!!!!!

Remar, remar

Forçar a corrente!!!

 

Atitude pró-activa!

 

 

Assim como uma grande amiga minha, também eu digo que os Xutos têm sempre uma música que se adapta a qualquer fase da minha vida.

E nesta fase, é mesmo isto que preciso, da energia das músicas dos Xutos para remar, remar, remar... forçar a corrente!!

Saiam da frente que aqui vou eu, lol.

sinto-me: determinada
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:54
link do post | diz lá... | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 24 de Janeiro de 2010

"Up in the air"

Ontem fui com uma amiga ao cinema ver este filme.

Confesso que do filme apenas sabia que era com o George Clooney (logo um bom motivo para ver o filme, LOL), e apenas tinha lido a sinopse no Sapo, sequer tinha visto o trailer que aqui coloco.

 

 

 

Mesmo agora ao ver o trailer, acho que não teria intuído o filme a partir daí.

Pensei tratar-se de um filme, levezinho, uma comédia romântica, um daqueles que me deixa com o coração quentinho e um sorriso nos lábios.

Ao contrário é um filme que espelha a sociedade actual de uma forma nua e crua.

É um filme com várias mensagens; sem happy ending.

Foca a problemática dos despedimentos em massa; da forma impessoal como as pessoas são tornadas desnecessárias ("made redundant" - esta expressão tem para mim uma poder extremamente devastador); a formas como as pessoas reagem a este puxar de tapete; fala sobre os relacionamentos de hoje em dia e sobre a forma como a ausência de relacionamentos torna as pessoas em máquinas extremamente eficientes, mas muito infelizes ainda que se convençam do oposto.

Gostei, apesar de não ser o tipo de filme que precisava de ver. Queria algo animado e divertido, mas no fundo penso que me ensinou algumas coisas importantes, ou seja, saí de lá com muitas das minhas convicções reforçadas.

Tudo bem que é apenas um filme, uma história de ficção, mas com muia realidade.

"A wake up call".

vivido por umdiadepoisdooutro às 09:26
link do post | diz lá... | favorito
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

do fundo do baú, parte II...

Diz o povo e bem "que as conversas são como as cerejas", ao que eu acrescento que para mim as memórias e as recordações também são como as cerejas, e às vezes são despoletadas por coisas tão simples, como um cheiro, um som ou uma palavra.

Isto tudo para dizer que o me lembrar da série antiga que coloquei no post anterior, me fez também voltar à adolescência e recordar uma outra série, que acabava por ser um misto de policial e comédia...

Nesta altura da minha vida eu queria ser detective (LOL - nem imaginam o susto que o meu professor de Inglês apanhou quando na aula sobre as profissões eu me saí com esta pérola), muito por influência das séries de televisão mas ainda mais por uma colecção de livros em que a protagonista era uma adolescente de seu nome Patrícia.

Escusado será dizer que eu na altura cortei o cabelo como ela e andava sempre de calças de ganga e ténis. Acho que foi o mais perto que cheguei de idolatrar alguém. Tão triste que eu era, lol, nem sequer era de carne e osso e sim uma personagem de ficção.

 

A série..

 

 

 

Os livros..

 

Patrícia - O Incêndio Misterioso

 

Acabei de os descobrir no site da Wook, mas como esgotados ou indisponíveis.

A minha colecção está praticamente completa, faltam-me apenas uns três exemplares. Pensei em completá-la para um dia que tivesse uma filha...

Lá continua no seu lugar da estante. Ainda não pensei muito bem no que lhe fazer, tenho alguma dificuldade em cortar laços com estes livros que marcaram a minha adolescência. Parece que em cada página que li está um pedaço da minha personalidade, enfim sou uma sentimentalista.

vivido por umdiadepoisdooutro às 14:00
link do post | diz lá... | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dias recentes

"Clássico"

...

...

Por aqui...

Natal é...

Rendi-me!

reflexões

não te quero largar mais....

Férias...

Livros

Dias passados

Dezembro 2015

Outubro 2013

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

favoritos

Um escândalo digno dos ta...

Memórias dos Pantufinhas ...

Em nome do Pai...

Sobreviver aos primeiros ...

Manual da Mulher Resolvid...

Testemunhos XXII

Como os empregos

Nudez

Adeus

Coisas do amor

Outras visões do mesmo Mundo

Os que acompanham os meus dias

Free Counter
Free Counter
blogs SAPO

subscrever feeds