Domingo, 30 de Março de 2008

Um dia ... no Porto

Ao fim de mais de 10 anos regressei hoje, por fim, à cidade onde vivi dois anos da minha vida; onde pela primeira vez vivi longe de casa.

Regressei ao Porto.

Neste meio tempo já cá havia estado, mas não verdadeiramente, pois só me havia deslocado a este ou aquele local e sempre em trabalho.

Hoje pude passear pelo Porto.

Pelo Porto que eu conheci.

Percorri as mesmas ruas, à procura das memórias de então.

Experimentei o famoso Metro do Porto desde Gaia até à Av. dos Aliados, e aí subi até ao Largo dos Leões, onde se situa o edifico da Faculdade de Ciências onde estudei.

Percorri a Rua de Cedofeita e desci a Rua Miguel Bombarda, passando defronte do prédio onde vivi durante dois anos.

Confesso que foi com um misto de nostalgia e decepção que percorri as mesmas ruas...

Falta-lhes algo...

Talvez o facto de ser domingo e de todo o comércio estar fechado tenha contribuído para essa sensação...

Por fim fui até ao Palácio de Cristal, e aí sim...os mesmos recantos, a sensação de que o tempo parou...

Nada como uma paisagem para me encher a alma.

Por fim fui à pastelaria Forno dos Clérigos onde me deliciei com um "lanche", e aí, enquanto comia fui inundada por todas as recordações do meu tempo de estudante, quando às sextas-feiras saía da Faculdade já perto das 18h e literalmente voava rua abaixo desde o Largo dos Leões até à Estação de São Bento, para apanhar a ligação até Campanhã onde me esperava o Inter-Regional que me levaria a casa para passar o fim-de-semana. Parava apenas na Confeitaria para comprar dois "lanches" para a viagem, e ala que se faz tarde e o comboio não espera...

Boas memórias.

E depois ainda duvidam da memória gustativa...eu não!!!

 

 

Esta música também me faz lembrar esses tempos.

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 21:33
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 28 de Março de 2008

Dinossáurios no Freeport

Dinossaurios

 

(imagem  e informação retirada do site: http://www.freeport.pt/)

 

Centro de Exposições Freeport

O Freeport inaugurou no passado dia 12 de Março, nas suas instalações, em Alcochete, um Centro de Exposições sendo no seu primeiro ano de actividade, um conjunto de exposições originárias do prestigiado Museu de História Natural de Londres.

A primeira dessas exposições tem por título "Dinossáurios - Encontro de Gigantes" e conta, na sua versão portuguesa, com a colaboração do Museu Nacional de História Natural.

Esta exposição estará aberta ao público de 13 de Março a 29 de Junho, todos os dias da semana, das 12h às 22h (última entrada às 21h30).

Os preços de admissão serão:

€5 para adultos
€2 para crianças dos 3 aos 12 anos e seniores com mais de 65
€1 para escolas

Fica aqui a divulgação do que me parece ser uma excelente ideia.

Tendo visitado o Museu de História Natural em Londres conheço bem a qualidade das suas exposições, pelo que é com grande expectativa que anseio pela oportunidade de visitar esta.

Depois logo farei a minha apreciação.

Saudações dinaussaúricas...

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 10:06
link do post | diz lá... | favorito

Lisboa Feira Alternativa 2008

Passatempo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Horário da Feira:
6ªF - 15h-22h
Sábado - 10h-24h
Domingo - 10h-22h
Preço do Bilhete - 4€

 

 

Acabei de saber através de uma amiga da realização desta feira que trata vários temas, desde alimentação saudável, terapias alternativas, meditação etc.

Parece-me uma ideia muito interessante, pelo que resolvi divulgá-la e tenciono visitar.

Podem obter mais informações, bem como o programa das palestras a realizar no site: www.terraalternativa.com

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 09:56
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

"Pânico" - Jeff Abbot

 

Após receber um telefonema urgente, Evan Casher faz uma viagem inesperada a Houston, onde encontra a mãe brutalmente assassinada e escapa por pouco a uma tentativa de homicídio. Raptado do local do crime por um mercenário enigmático movido por razões desconhecidas, vê-se confrontado com a dura realidade: toda a sua vida não passa de uma mentira meticulosamente construída.
(retirado do site:http://www.bertrand.pt/)

 

 

 

Acabei hoje de ler este livro que tinha sido uma prenda de Natal - tenho mesmo que colocar a minha leitura em dia...

Em minha defesa digo apenas que pelo meio deste já li outro, mas pronto.

Nunca tinha lido nada deste autor, e talvez não fosse exactamente o tipo de livro que compraria, até porque a arte final da capa antevê uma história sangrenta, mas tenho a dizer que gostei.

É um thriller alucinante, de tal forma que todo o enredo se desenvolve em escassos dias...

Se este livro fosse um filme, seria daqueles em que o espectador estaria agarrado à cadeira até ao último minuto porque existe sempre algo a acontecer; mais uma peça do puzzle que se descobre; mais uma reviravolta na história; mais uma personagem que afinal não é o que parecia ser.

O autor consegue criar muito bem o ambiente. As descrições são bastante gráficas.

Para quem gosta deste gênero, aconselho.

Boa leitura.

tags:
vivido por umdiadepoisdooutro às 17:45
link do post | diz lá... | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Protesto

Protesto!

Não me consigo conformar...

Como é que uma pessoa que passou a adolescência e alguma parte da idade adulta ao som de uma música a imaginar a linda história de amor proibido ou platónica por detrás da mesma, se habitua agora ao facto de que a música foi escrita em prol de um par de ténis "All Star"?!

Não se faz...

É destruir o imaginário de uma pessoa...

Andei uns dois meses a mastigar esta história, mas agora tive que aqui partilhar a minha frustação.

Não é que sempre que oiço a música lá se insinuam os malditos ténis nos meus pensamentos?!

BAh!!!!

 

 

 

 

 

A música continua a ser uma das minhas favoritas, mas agora até tenho medo de perguntar qual a história por detrás de sei lá"O mundo ao contrário" ou "Para sempre", não vá estar relacionado com electrodomésticos ou isso, LOL.

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:30
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 25 de Março de 2008

Arrependimento

Desde sempre que o meu lema tem sido: prefiro mil vezes arrepender-me do que fiz do que me arrepender de não ter feito isto ou aquilo.

É que aquilo que fazemos pode ser bom ou mau, e podemos sentir-nos culpados ou não por ter deixado determinado acontecimento fazer parte das nossas vidas..

Ao invês, aquilo que não fizemos, será sempre uma incerteza...

Será que teria sido bom, será que não?

Como seria?

E a dúvida é um sentimento que se insinua e toma conta da mente e do coração, levando-me a pensar e a supor e a imaginar o que teria sido, se...

Detesto "ses"...

Por isso mesmo, arrependo-me de não ter ído em frente.

Fossem quais fossem as consequências, seriam de certeza mais facilmente superáveis que a incerteza do que poderia ter sido.

De certa forma, isto faz com que esta situação para mim não tenha tido ainda um ponto final, mas sim reticências.

Acho que sou teimosa.

Ainda ontem comentava com uma amiga que neste momento sinto-me do contra; não aceito não como resposta, pelo menos não sem muita luta,LOL.

Acho que também sou masoquista..

 

but what the heck - we only live once!!!

 

 

 

Katie Melua 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 09:52
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

"Resposta" - Skank

Boa semana!!

 

 

 

 

Já tive a minha resposta...

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:54
link do post | diz lá... | favorito
Quarta-feira, 19 de Março de 2008

A fragilidade da vida

É apenas (e ainda bem) em ocasiões como hoje em que somos confrontados com o fim da vida de alguém que tomamos consciência da nossa própria mortalidade.

Ainda bem porque senão viveriamos obcedados com a ideia de tudo o que pode ficar suspenso de um momento para o outro...

Mas se essa é a mais pura e dura das realidades, então porque passamos pela vida e não a vivemos?

Porque nos preocupamos com coisas insignificantes ao invés de aproveitarmos todos os milionésimos de segundos de cada dia que temos o privilégio de poder desfrutar?!

Porque nos desgastamos, porque não sorrimos, porque não amamos?!

Por isso; porque tudo é tão efémero, urge VIVER!!

Arriscar, sofrer, amar, enfim viver e não apenas sobreviver.

Quero que os versos da música EPITÁFIO sejam o meu lema para a vida, e não o resumo daquilo que deixei de fazer.

 

 

EPITÁFIO

 

"Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o Sol nascer...
Devia ter arriscado mais, até errado mais, ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceite as pessoas tal como elas são,
Cada um sabe a alegria e dor que traz no coração.

Devia ter complicado menos, trabalhado menos, ter visto o pôr-do-sol
Devia ter-me importado menos com problemas pequenos,
Ter morrido de amor...
queria ter aceite a vida tal como ela é
a cada um cabe a alegria e tristeza que vier...

O Acaso vai-me proteger enquanto eu andar distraído."

(Sérgio Brito)

 

 

A todos vocês meus amigos desejo que arrisquem; amem; sofram; sorriam, enfim sintam, porque sem emoções a vida não vale a pena.

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 17:10
link do post | diz lá... | favorito

Música...

Esta semana ando muito musical...

Talvez porque para mim as músicas sempre foram uma das principais formas de descrever sentimentos que nem sempre sei como verbalizar.

Neste momento é um pouco difícil encontrar uma música que me exprima, até porque os sentimentos são tantos e tão diferentes, por isso aqui vou colocando uma e outra música e pode ser que consigam (e eu) descortinar o que me vai na alma.

 

Boa sorte (LOL )!!!

 

 

 "The closest thing to crazy" - Katie Melua

"And now I know that there is  a link between the two :

being close to crazy and being close to you "

 

 

 "Bubbly" - Colbie Caillat

 

E esta deixa-me com um sorriso nos lábios...

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 14:22
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 18 de Março de 2008

"Dois Rios" - Skank

 

Aqui fica mais uma...

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 15:51
link do post | diz lá... | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dias recentes

"Clássico"

...

...

Por aqui...

Natal é...

Rendi-me!

reflexões

não te quero largar mais....

Férias...

Livros

Dias passados

Dezembro 2015

Outubro 2013

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

favoritos

Um escândalo digno dos ta...

Memórias dos Pantufinhas ...

Em nome do Pai...

Sobreviver aos primeiros ...

Manual da Mulher Resolvid...

Testemunhos XXII

Como os empregos

Nudez

Adeus

Coisas do amor

Outras visões do mesmo Mundo

Os que acompanham os meus dias

Free Counter
Free Counter
blogs SAPO

subscrever feeds