Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

"O dia em que te esqueci" - Margarida Rebelo Pinto

 
O Dia em que te Esqueci
Pinto, Margarida Rebelo

Depois do sucesso de "O Diário da Tua Ausência", uma carta envolvente que ajuda a descobrir novos caminhos para o verdadeiro amor. «Quando amamos alguém, não perdemos só a cabeça, perdemos também o nosso coração. Ele salta para fora do peito e depois, quando volta, já não é o mesmo, é outro, com cicatrizes novas. Às vezes volta maior, se o amor foi feliz, outras, regressa feito numa bola de trapos, é preciso reconstruí-lo com paciência, dedicação e muito amor-próprio. E outras vezes não volta. Fica do outro lado da vida, na vida de quem não quis ficar ao nosso lado.»

 

Confesso que esta não é a minha autora favorita, mas o título atrai-me, é actual para mim...

Entretanto no sábado vi uma das sessões de autógrafos num dos programas de Jet set da Sic, e uma das entrevistadas dizia que esquecer um Amor não é fácil, mas que começa por apagarmos o número de telefone do nosso telemóvel.

Então estou no bom caminho.

Já não tenho números nem mensagens nem fotos.

Mas ainda não posso dizer que Hoje é o Dia em que te esqueci; talvez seja Amanhã.

 

 

música: Piece by Piece - Katie Melua
vivido por umdiadepoisdooutro às 14:14
link do post | diz lá... | ver comentários (50) | favorito
|
Domingo, 31 de Maio de 2009

Anjos e Demónios

Ontem fui ao cinema ver este filme.

Desde que soube da sua existência que o queria ver, porque tal como no caso do Codigo Da Vinci, li o livro e adorei.

Gostei do filme, tem imensa acção, as cenas desenrolam-se a um ritmo alucinante, tal como no livro.

Existem algumas discrepâncias em relação à história original, mas de um modo geral penso que está muito bem conseguido.

Verdade seja dita que como já li o livro há cerca de uns dois ou três naos, na altura em que saiu, não me apercebi dos detalhes que não estavam exactamente iguais, já que apenas me recordava da trama geral.

A única coisa que realmente não gostei foi do facto de ter intervalo, como têm todos os filmes hoje em dia pelo menos nas salas Lusomundo.

Quebra a sequência, especialmente quando se trata de um filme cheio de acção como é o Anjos e Demónios.

 

Fica aqui o trailer.

 

 

tags: ,
vivido por umdiadepoisdooutro às 21:20
link do post | diz lá... | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Março de 2009

"A quarta aliança" - Gonzalo Giner

 

"A Quarta Aliança
Giner, Gonzalo

Um romance de estreia, uma história inquietante, um desfecho inesperado. Mais de 100 000 exemplares vendidos em Espanha. Uma estranha encomenda é um dia entregue numa requintada joalharia de Madrid: o seu conteúdo é uma pulseira com mais de 3000 anos. Fernando Luengo, o proprietário da loja, e a sua jovem colaboradora Mónica, decidem investigar a origem daquela jóia. Descobrem uma intriga inquietante e enigmática que os fará mergulhar em diversos cenários históricos: a terra prometida a Moisés; a conquista de Jerusalém durante a primeira Cruzada; os últimos dias da heresia cátara; as disputas dos templários em pleno século XIII; a luta pelo poder travada entre o papa Inocêncio IV e os príncipes europeus; e a reaparição de uma seita judaica alguns séculos após a sua extinção... "

 

Para quem gosta de intriga histórica, este é um livro a ler.

Gostei bastante e recomendo.

 

tags:
vivido por umdiadepoisdooutro às 20:28
link do post | diz lá... | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2008

"O clube de Macau" - Pedro Rosado

 

"Macau, 1984: um juiz (o futuro procurador-geral da República), três policias, um médico, e um apresentador de televisão formam um bordel secreto a que chama o Clube de Macau, recorrendo a adolescentes chinesas dispostas a pagar o preço mais elevado para fugirem da China para o Ocidente. Quando uma delas é assassinada, o Clube de Macau dissolve-se.
Mas, vinte anos mais tarde, em Lisboa, os membros do antigo Clube de Macau vão voltar a encontrar-se quando a ambição do procurador-geral de querer ser Presidente da República se cruza com o escândalo de pedofilia que abalou o país. E, desta vez, não é o prazer que os espera mas uma guerra sem tréguas. "

 

 

Gostei!

Dá que pensar.

 

tags:
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:08
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Agosto de 2008

"Enzo" - Garth Stein

"Enzo sabe que é diferente dos outros cães: é um filósofo quase com alma humana. Através do dono, Denny Swift, um piloto de automóveis amador, Enzo adquiriu profundo conhecimento da condição humana, e sabe que a vida, tal como as corridas, não se limita simplesmente à velocidade. Na véspera de ser abatido, Enzo faz um balanço da sua vida, relembrando tudo o que ele e a família passaram: os sacrifícios de Denny para obter o sucesso profissional; a perda inesperada da mulher, Eve; a batalha de 3 anos para ficar com a custódia da filha. No fim, apesar daquilo que sabe serem as suas limitações, Enzo acaba por conseguir preservar a família Swift, guardando no seu coração o sonho de Denny em se tornar piloto profissional, com a filha Zoë ao seu lado. Tendo aprendido o que é preciso para ser uma pessoa com compaixão e com êxito, o sábio canino mal pode esperar pela sua outra vida, em que tem a certeza de que irá regressar como ser humano. Uma comovente mas extremamente divertida história de amor, família, lealdade e esperança. Enzo, é um belo e cativante olhar para as maravilhas e para as coisas absurdas da vida humana? como só um cão poderia narrar."

 

Adorei.

É uma história muito comovente, que me levou de facto a pensar na sorte que tenho em ser um Ser Humano, falante e capaz de demonstrar as minhas emoções.

Pena que nem sempre utilizemos essas nossas capacidades.

Para além de ficar a saber o que sente e pensa o melhor amigo do homem (juro que não duvido que seja mesmo assim), LOL, gostei também bastante dos paralelismos que o autor estabelece entre a Vida e as corridas de automóveis.

Recomendo.

 

 

 

tags:
vivido por umdiadepoisdooutro às 10:10
link do post | diz lá... | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

"Um pequeno grande amor" - Fátima Lopes

 

 

 

 

"O amor por um filho não é fácil de descrever. Sente-se todos os dias. Mesmo quando a vida nos prega partidas, quando os casamentos se desfazem, quando estamos cansados e nada parece fazer sentido, há sempre um pequeno grande amor que fala mais alto. Neste segundo romance, Fátima Lopes onde conta a história de Gonçalo e Estela, duas crianças que têm em comum serem filhas de pais divorciados. Nada apontava para o fim daquele casamento. Margarida, com um bebé de meses nos braços, apaixona-se e decide separar-se. Com o divórcio, vêm as ameaças e as chantagens. É neste ambiente que cresce Gonçalo, protegido pelo amor de uma mãe disposta a tudo para garantir a felicidade do filho. Estela não está nas prioridades da mãe, ocupada entre o trabalho e as amigas. Foi o pai que lhe mudou as fraldas e a embalou nas noites agitadas. Com o divórcio, este pai não desiste de acompanhar a filha em todos os grandes passos da sua vida. Num discurso sensível e intimista, Fátima Lopes transporta-nos para o universo dos mais pequenos. Como os seus olhos vêem os dramas dos adultos, como sentem as disputas e os insultos sem sentido, como sofrem sem perceberem a razão. Os nossos filhos serão sempre pequenos para receber o grande amor que temos para lhes dar. "

 

Já há algum tempo que tinha alguma curiosidade em ler este livro, talvez porque eu própria sou mãe de um filho de pais divorciados.

Se a educação de uma criança é dos trabalhos mais árduos que existe, o educar uma criança no meio de um casamento dissolvido ainda o é mais.

Educar uma criança é como viver num limbo permanente, nunca sabemos se estamos a tomar a decisão mais certa; temos que ser firmes e meigas ao mesmo tempo; impor regras e não vacilar mesmo ante a carinha mais chorosa e um "vá lá mãeeee..."

Já não é totalmente fácil manter uma frente unida num casal quando falamos da educação dos filhos, muito menos quando o casal já não está unido.

No entanto, acredito que um filho de pais separados pode ser uma criança feliz, se ambos os pais se comprometerem a participar activamente para que essa felicidade seja real. Basta apenas que o filho ocupe sempre o lugar que lhe está destinado - um filho é para toda a vida.

Penso que a autora relata situações que são cada vez mais comuns nos dias de hoje.

Penso que muitos pais que estão a passar por uma situação de divórcio deveriam ler este livro.

Existem ainda muitos pais que se esquecem do verdadeiro significado de se ser pai/mãe e que apenas se regem pelos seus prórprios interesses.

Penso que existem muitas pessoas que não têm vocação para serem pais/mães.

Posso estar a ser muito ríspida, mas o facto de se poder não deveria ser o motivo para se ser.

Pai e mãe são os alicerces da vida de uma criança; são eles que dão o exemplo, a estrutura, que orientam...

São os responsáveis pela existência de uma vida que de outro modo não existiria.

É a maior das responsabilidades.

A responsabilidade de proteger, amar e educar, para TODA A VIDA!!!

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:02
link do post | diz lá... | favorito
|
Domingo, 13 de Julho de 2008

"A loja dos suicídios" - Jean Teulé

 
"É uma lojinha onde nunca entra um raio de Sol. Imagine um negócio de família que envolve a venda de todos os ingredientes possíveis para a prática do suicídio, nas suas mais diversas formas. Corda, pistolas, facas, venenos e toda uma panóplia de produtos mortíferos. São cinco as personagens que compõem esta família atípica que gere a loja há várias gerações: os pais, profissionais, comerciantes; o filho primogénito, deprimido crónico mas extremamente criativo no seu domínio; a irmã, exemplo típico da adolescente inadaptada; e finalmente o irmão mais novo, verdadeiro grão de areia na engrenagem deste comércio lúgubre: é que ele se atreve a sorrir e a ser… optimista. Com uma ambiência digna de um filme de Tim Burton, A Loja dos Suicídios é uma comédia negra futurista que invoca o grande adversário da família Tuvache e do seu sinistro empreendimento: a alegria."
 
Comprei este livro porque apesar de ter dois para as minhas férias, acabei por deixar o "Enzo" em casa.
Não pensei que conseguisse ler um livro todo numa semana, já que o meu filhote habitualmente requer a minha atenção intensivamente...
No entanto, terminei o "Proposta Indecente" e vi-me completamente despida (metaforicamente falando), sim porque não ter nada para ler equivale a esquecer-me de colocar o relógio no pulso de manhã - fico todo o dia com a sensação de que estou despida.
Comprei-o porque uma amiga já o tinha lido e me deixou curiosa.
É realmente (um dos comentários da contracapa) uma pérola de humor negro.
Nunca tinha lido nada deste autor.
Gostei, apesar de não ser o meu tipo de leitura favorito.
Talvez por o meu humor não ser negro o suficiente...LOL.
 

 

vivido por umdiadepoisdooutro às 07:53
link do post | diz lá... | ver comentários (3) | favorito
|

"Proposta Indecente" - Susan Kay Law

 

"Ellen, tal como a sua melhor amiga afirma, teve nas mãos aquilo com que metade das esposas americanas sonha. O seu marido disse-lhe para arranjar um amante. Com o marido executivo, os filhos e a lida da casa a mantê-la ocupada, a paixão nunca fora uma prioridade para si. Pelo contrário, o marido conseguiu arranjar tempo para isso na sua agenda - com outras mulheres. Agora, ele quer que Ellen acredite que as suas aventuras irreflectidas não foram nada mais do que "simplesmente sexo". Na verdade, está tão desesperado a tentar provar-lhe o seu ponto de vista que a desafiou a descobrir por ela própria. Após tantos anos, Ellen vai trazer as suas técnicas de sedução enferrujadas e seguir a sua melhor amiga de espirito livre para um mundo que pensava ter deixado para trás no altar. Pode ter perdido toda a fé no seu casamento, mas está prestes a descobrir algo em si própria. E aquilo que começa por ser "Simplesmente Sexo" pode acabar por ser uma segunda oportunidade para encontrar algo melhor…"
 
 
Mais uma história sobre o tema dos casamentos falhados; sobre a traição; e sobre as relações de "só sexo" que fazem parte da realidade da sociedade actual.
É um livro que está bem escrito.
Uma leitura fácil.
vivido por umdiadepoisdooutro às 07:40
link do post | diz lá... | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

"What´s your reading personality?"

 Encontrei o link para este teste no blogue Estante de livros e não resisti.

Aparentemente eu tenho tripla personalidade no que se refer à leitura.

LOLOL

 

 

Your Personality: All-Rounder!

 

Your responses showed you fitting into three different personalities:

Exacting Reader: You love books but you rarely have as much time to read as you'd like - so you're very particular about the books you choose.
Serial Reader: Once you discover a favorite writer you tend to stick with him/her through thick and thin and eagerly await the next in the series.
Eclectic Reader: You read for entertainment but also to expand your mind. You're open to new ideas and new writers, and are not wedded to a particular genre or limited range of authors.

 

 

 

Aqui fica o link para fazerem o teste "What´s your reading personality".

sinto-me:
tags: ,
vivido por umdiadepoisdooutro às 20:42
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Os livros que vão comigo de férias...

Finalmente chegaram as férias...

Praia, sol, mar e ... livros.

Estes são os que vão comigo de férias:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois faço o resumo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 11:22
link do post | diz lá... | ver comentários (1) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dias recentes

"O dia em que te esqueci"...

Anjos e Demónios

"A quarta aliança" - Gonz...

"O clube de Macau" - Pedr...

"Enzo" - Garth Stein

"Um pequeno grande amor" ...

"A loja dos suicídios" - ...

"Proposta Indecente" - Su...

"What´s your reading pers...

Os livros que vão comigo ...

Dias passados

Dezembro 2015

Outubro 2013

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

favoritos

Um escândalo digno dos ta...

Memórias dos Pantufinhas ...

Em nome do Pai...

Sobreviver aos primeiros ...

Manual da Mulher Resolvid...

Testemunhos XXII

Como os empregos

Nudez

Adeus

Coisas do amor

Outras visões do mesmo Mundo

Os que acompanham os meus dias

Free Counter
Free Counter
blogs SAPO

subscrever feeds