Quarta-feira, 12 de Março de 2008

IRRA!!!

Porque é que as pessoas acham que podem despejar em cima de mim as suas frustrações ?

Talvez porque eu sempre o tenha permitido...mas NÂO VOU PERMITIR MAIS!!!

Pensei que com o divórcio estaria por fim liberta de certos surtos de mau humor, mas pelos vistos o hábito criado criou raízes e lá tive eu que levar com o mau humor do meu ex, porque ligaram do Centro de saúde para minha casa a desmarcar uma consulta e alguém (possivelmente a minha tia) disse que ele já não morava lá.

Óbvio! Já não mora mesmo!

E adiante explicar que se calhar nem disseram qual era o assunto?!

E adianta dizer que ao fim de 9 meses se calhar ele já devia ter dado outra morada e outro contacto telefónico?

E adianta dizer que a minha tia, ou quem quer que seja lá de casa não é secretária pessoal de sua senhoria...

Pois não adianta...

E depois também (como sempre acontece nestes confrontos verbais) dá-se-me um nó na garganta e não consigo dizer nada do que quero.

Por isso estou aqui agora a matraquear nas teclas do computador com toda a força com a qual me apetecia ter proferido as frases acima, mas que não consegui.

O que mais irrita é que ele me conhece bem o suficiente para saber como me atingir.

Também foram 10 anos...

Fico toda a tremer por dentro, tal é a raiva que tenho de mim por não ter (mais uma vez) conseguido fazer -me ouvir.

Felizmente, nestes momentos tenho a perfeita noção de que estou muito melhor sem esta pessoa na minha vida.

Talvez seja um pouco estranho pensar como se pode amar uma pessoa e escolhê-la para passar connosco toda a nossa vida e depois ao fim de uns anos olhar para ela e não sentir nada, nem sentimentos maus nem bons, só vazio.

Custou-me muito chegar aqui, mas acho que estou nessa fase.

Acho que estou novamente preparada para amar...

Mas como saber quem amar? Amar quem nos ama, quem nos valoriza...

Mas como é que sabemos que a pessoa certa é aquela?

Eu já pensei isso em relação a um outro alguém, um dia...

Tenho que viver um dia de cada vez, eu sei...mas já estou farta de estar triste, quero sentir-me feliz.

Sinto-me feliz comigo mesma (na maioria das vezes, excepto quando estou irritada - ver acima, LOL), agora só me falta encontrar alguém que queira ser feliz comigo.

Este post fez-me mesmo bem: iniciei muito irritada e agora já estou mais calma - este é o poder da escrita, pelo mesnos sobre mim.

 

Beijinhos a quem tem a "pachorra" de ler os meus desabafos!!!

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 14:32
link do post | diz lá... | ver comentários (2) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dias recentes

IRRA!!!

Dias passados

Dezembro 2015

Outubro 2013

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

favoritos

Um escândalo digno dos ta...

Memórias dos Pantufinhas ...

Em nome do Pai...

Sobreviver aos primeiros ...

Manual da Mulher Resolvid...

Testemunhos XXII

Como os empregos

Nudez

Adeus

Coisas do amor

Outras visões do mesmo Mundo

Os que acompanham os meus dias

Free Counter
Free Counter
blogs SAPO

subscrever feeds