Sexta-feira, 20 de Março de 2009

"Rompendo com a estagnação"

"Rompendo com a estagnação

É chegado o momento, Mafalda, de romper com a estagnação. O Ás de Espadas transborda como arcano de conselho para você, hoje, sugerindo que você corte implacavelmente todas as coisas, pensamentos, hábitos e pessoas que não lhe servem mais e que procure sustentar seus pensamentos e opiniões, mesmo que isso signifique desencadear antipatia nos outros. Este é um momento de renovação em sua vida, de ideias novas que fervilham e você poderá tomar as iniciativas que tirarão sua existência da rotina e do tédio. Prepare-se para uma nova e deliciosa aventura e não se preocupe tanto em ter uma “personalidade simpática” nesta fase de sua vida. Há momentos em que a atitude mais sedutora é aquela que não prima pela docilidade, mas que se compromete com a verdade. É quando sabemos que não estamos sendo simpáticos, mas estamos sendo honestos. Ainda que não agrademos, não há como negar o notável poder sedutor da pessoa que age com integridade – mesmo quando age de uma forma superficialmente antipática.

Conselho: Ser fiel à verdade gera antipatias, mas muitas vezes é fundamental!"

 

Pois é, a verdade é que ao longo destes meus 34 anos de vida nunca fui capaz de romper com nada, simplesmente por receio de que as pessoas deixassem de gostar de mim.

Nunca soube lidar muito bem com o facto de poderem não gostar de mim. Sempre tentei fazer tudo para agradar, e agora (bem não propriamente agora, acho que já cheguei a esta conclusão há coisa de ano e tal) chego à conclusão de que passei uns belos anos da minha vida a agradar aos outros e não a mim.

Este último ano e meio foi um período muito cheio de acontecimentos, mas ao olhar para trás chego à conclusão de que andei em círculos e não em frente.  Vivi uma série de situações e emoções que nunca esquecerei, mas não consegui avançar.

Chega de andar em círculos. Mesmo que seja a passo de caracol tenho de recomeçar a andar em frente.

Hoje por acaso encontrei um caderninho meu onde e 2007 costumava escrever umas coisas e encontrei os objectivos a que me tinha proposto para 2008...

Não atingi nenhum, mas acho que verdadeiramente não me comprometi ou empenhei.

Continuei a cometer os mesmos erros do passado, a achar que um amor resolveria todas as minhas inseguranças e a minha falta de amor próprio; que reconstituiria a vida que idealizei na minha cabeça e que ficou interrompida e que finalmente seria feliz - Happy endidng como nos filmes côr-de-rosa.

Mas a verdade é que esse é um peso e uma responsabilidade muito grande para colocar sobre os ombros de alguém. Todos nós já temos uma história de vida, passado, problemas por resolver...

Todos temos as nossas fragilidades e os nossos medos.

Mas a verdade é que para ser fiél a mim mesma, á minha verdade, há situações com as quais não consigo viver, desculpa-me.

E já me estou a dispersar, como acontece frequentemente quando escrevo. Tenho que conseguir ter coragem para seguir em frente sem olhar para trás. as indefinições não são boas para ninguém. Tenho que olhar para mim e por mim.

 

sinto-me:
vivido por umdiadepoisdooutro às 09:57
link do post | diz lá... | ver comentários (2) | favorito
|

mais sobre mim

pesquisar

 

Dezembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Dias recentes

"Rompendo com a estagnaçã...

Dias passados

Dezembro 2015

Outubro 2013

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

tags

todas as tags

favoritos

Um escândalo digno dos ta...

Memórias dos Pantufinhas ...

Em nome do Pai...

Sobreviver aos primeiros ...

Manual da Mulher Resolvid...

Testemunhos XXII

Como os empregos

Nudez

Adeus

Coisas do amor

Outras visões do mesmo Mundo

Os que acompanham os meus dias

Free Counter
Free Counter
blogs SAPO

subscrever feeds